Fenalaw faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Advogados podem ser influenciadores digitais?

Advogados podem ser influenciadores digitais?

Quais os limites éticos para que um advogado seja um influencer? Confira!

A internet, em especial as redes sociais, se transformou no principal fórum de discussões sobre os mais variados temas. Com os profissionais de Direito não é diferente e cada vez mais os advogados ganham espaço, voz e protagonismo online. Quando se trata de temas políticos, isso é ainda mais evidente, com advogados e juristas sendo cada vez mais consultados e relevantes nas discussões.

Essa presença massiva levanta dúvidas e questionamentos, sobretudo sob o ponto de vista ético. Como deve ser a postura de um advogado neste ambiente, tanto pessoal quando profissionalmente? Quais os principais cuidados que deve tomar para não ter a imagem prejudicada? Há algum impedimento ético para um advogado se tornar um influenciador digital?

Reunimos algumas diretrizes importantes e a opinião de diversos profissionais da área para responder alguns desses pontos.

Confira nesse material exclusivo!

 

Registre-se para fazer download desse recurso

Registrar-se como membro de Fenalaw lhe dá acesso a conteúdo premium incluindo revistas digitais, webinars, whitepapers e muito mais.