Fenalaw faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

jurimetria.jpg

3 pontos para desmistificar a jurimetria

Durante o Painel de Gestão de PME’s , realizado na Fenalaw 2019, Julio Trecenti – secretário geral da ABJ (Associação Brasileira de Jurimetria), abordou o assunto e trouxe exemplos práticos de como utilizar a estatística para fazer diferença no mercado jurídico.

Os dados já fazem parte da rotina jurídica, otimizando o tempo dos advogados e auxiliando a criar melhores estratégias para ganhar processos. Por isso, a jurimetria ganha cada vez mais espaço em escritórios de advocacia e departamentos jurídicos.

Durante o Painel de Gestão de PME’s , realizado na Fenalaw 2019, Julio Trecenti – secretário geral da ABJ (Associação Brasileira de Jurimetria), abordou o assunto e trouxe exemplos práticos de como utilizar a estatística pode fazer diferença no mercado jurídico.

A jurimetria trata-se da aplicação da estatística no direito. Para Trecenti, três pontos precisam ser compreendidos sobre o tema:

1: Jurimetria não é software

O estatístico conta que muitos profissionais acreditam que basta contratar um software para que se possa contar com a jurimetria. Ele explica que a técnica vai além do conceito de programação, com análises profundas e precisas.

2: A solução é tão complexa quanto o problema

Exemplos práticos foram apresentados durante a palestra, para mostrar que às vezes a solução pode ser ainda mais complexa que o problema. O primeiro exemplo traz um cálculo simples. Foi realizada uma análise das Câmaras Criminais de São Paulo, calculando por meio de média a taxa de processos negados e aprovados. “Os números mostram a insegurança jurídica no processo, fazendo com que o advogado possa pensar em uma estratégia ainda melhor”, explica.

No entanto, em problemas mais complexos, o poder estatístico precisa evoluir. “A sofisticação da jurimetria vai depender da necessidade do momento”, ele diz.

É o caso dos departamentos jurídicos. Trecenti comenta que os litígios de uma empresa acabam se transformando em um centro de custos que precisam ser monitorados corretamente.

“Com a jurimetria, os litígios se transformam em um centro de diagnóstico, entendendo os principais problemas enfrentados pela empresa, além do prazo que determinado valor precisa ser pago. O resultado é uma gestão muito mais inteligente”.

3: Fale com um especialista

Por último, o palestrante afirma a importância de um especialista em jurimetria para auxiliar, seja escritório ou departamento jurídico. “Ele terá todas as ferramentas necessárias para criar análises assertivas que vão ajudar a definir melhores estratégias”, diz.

A Fenalaw 2019 termina hoje (25/10), mas você pode acompanhar todas as novidades aqui no nosso canal de conteúdo. Veja agora os principais destaques do maior encontro do mercado jurídico!

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar