Fenalaw faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Planejamento 2020 para departamentos jurídicos

Departamento Jurídico estratégico: o que não pode faltar em 2020?

Parte do Congresso de Gestão para Departamentos Jurídicos, tema ajudou a prever o que é indispensável para o próximo ano.

A hora de se planejar para o próximo ano chegou! Os palcos de Fenalaw 2019 ajudaram os congressistas a entender quais são as principais tendências para departamentos jurídicos em 2020. Esse também foi o tema da palestra de Cristiano Luis da Silva, gerente comercial da ProJuris, software jurídico de gestão. “Nosso desafio para o próximo ano segue sempre sendo encontrar coisas no dia a dia dos departamentos jurídicos que podem ser otimizadas, custos que podem ser reduzidos e desempenhos que podem ser melhoradas”, comentou aos congressistas.

Sob o ponto de vista da tecnologia, o especialista apontou que, para 2020, é preciso que os departamentos considerem uma estrutura espiral. “Precisamos considerar o que é básico na parte debaixo da estrutura, com as coisas médias no meio e as mais avançadas na ponta”, explicou.

Conheça a estrutura defendida pela ProJuris para a gestão de departamentos em 2020

Base: Controle (organização modular) – É preciso ter domínio sobre a informação e garantir um dado de qualidade.

O que é preciso: eliminar planilhas, eliminar papel, manter tudo cadastrado e digitalizado.

Meio base: Produtividade (serviços para automação) – Após garantir o controle, como ganho escala? Como torno meu trabalho mais eficiente? “Integração é um dos grandes desafios para a produtividade nos departamentos. Hoje ainda encontramos locais que usam sistemas diferentes mesmo dentro da empresa, em setores diferentes. A ProJuris consegue integrar todas elas. A transação precisa ser econômica, simples e rápida. Isso é o futuro para 2020”, comentou.

Meio topo: Análise (indicadores e gráficos) – Ferramentas de BI aplicadas ao negócio.

Topo: Inteligência Artificial (capacidade cognitiva do sistema) – Leitura, interpretação, extração, prognóstico.

Confira mais da cobertura da Fenalaw 2019 aqui no canal digital!

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar