Fenalaw faz parte da divisão divisionName da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Design para escritórios jurídicos de alto padrão

Dicas de design para escritórios jurídicos de alto padrão

O design para escritórios jurídicos de alto padrão diz muito sobre o seu negócio. Confira algumas dicas.

O design para escritórios jurídicos de alto padrão é um ponto que muitos profissionais podem achar supérfluo, especialmente porque ligam a atividade a uma questão meramente estética. Mas o design não diz respeito apenas à aparência: pelo contrário, seu foco é a otimização.

Se você faz parte dos advogados que se importam com design para escritórios jurídicos de alto padrão, preparamos algumas dicas para aplicar no seu negócio. Confira!

Importância do design de interiores

Design de interiores não se resume à sensibilidade e bom gosto na decoração. O espaço cuidado por especialista apresenta, sim, um escritório cômodo e agradável para todos.

A principal ideia do design de interiores é evidenciar o conjunto de soluções esteticamente apelativas, mas eficientes, que possibilitam uma melhor gestão do espaço no ambiente intervencionado. Em outras palavras, otimiza o uso.

Design para escritórios jurídicos de alto padrão

Foi-se o tempo em que escritórios de advocacia passavam uma ideia automática de pompa, alto requinte. A sociedade mudou, e, atualmente, temos advogados muito competentes trabalhando em coworkings e outras instalações. No entanto, escritórios de alto padrão precisam se preocupar com a gestão do espaço e em torná-lo agradável. Por isso, o design para escritórios jurídicos de alto padrão é indispensável.

Quando se fala de ambiente de alto padrão, é preciso pensar em espaços amplos e boa circulação. Para compor tais espaços, a opção é por móveis maiores, porque os pequenos não combinam com alto padrão.

O profissional de design de interiores analisará as exigências dos advogados e as necessidades dos ambientes para apresentar uma proposta com boas soluções. Isso envolve a harmonização de cores, decoração, iluminação e distribuição dos ambientes, porque tudo afeta na percepção do cliente sobre o negócio.

Decoração

A decoração é um ponto fundamental no design para escritórios jurídicos de alto padrão. Materiais e acabamentos em mármore e madeira são muito utilizados por transmitir seriedade e profissionalismo. No entanto, é possível atingir essas características com outros materiais. Quanto aos móveis, a mistura dos clássicos e modernos deve ser feita com cuidado para trazer elegância e leveza. Peças rústicos só cabem se o público-alvo do escritório for condizente.

Plantas são boas opções se forem cuidadas constantemente. Se não for o caso, é possível pensar nas artificiais ou preservadas, que são duráveis.

Iluminação

Quando se fala de iluminação, a preferência é pela luz natural. Ela traz bem-estar a todos do escritório, sejam clientes ou profissionais. Quando essa opção não é possível, deve-se ter cuidado com a iluminação artificial, porque ela tem que ser planejada conforme a função dos ambientes.

Na mesa de reuniões, por exemplo, é preciso eficiência e boa iluminação, mas sem ofuscamento. Optar por uma boa luz, porém discreta, é uma escolha acertada.

Distribuição do ambiente

Arlete Falcão, arquiteta e light designer, aponta que a distribuição de ambientes no escritório pode ser diversa. Locais de reuniões individuais, gabinetes dos advogados, espaços para reuniões em grupo devem ser considerados.

Para Falcão, “a privacidade é um ponto importante para estas reuniões, pois muitas vezes se falam sobre assuntos sigilosos. Isto não quer dizer que todos os ambientes devem ser cercados com paredes fechadas, pode sim haver transparência com divisórias de ótima qualidade em vidro e alumínio. Divisórias como estas permitem a conexão e amplitude dos espaços sem, contudo, deixar passar o som do que está sendo falado”.

Cores

O design para escritórios jurídicos de alto padrão depende muito das cores. Os conceitos devem ser discutidos pelos advogados e repassados ao arquiteto ou designer. Muitos escritórios optam pela sobriedade e cores em tons terrosos, o que reforça a formalidade e o profissionalismo. No entanto, dependendo do conceito, pode ser mais claro e moderno, com bom gosto e elegância.

Dicas práticas de design para escritórios jurídicos de alto padrão

  • Por ser o cartão de visitas do escritório, a recepção e o hall de entrada devem transmitir confiança e profissionalismo, dispondo de móveis confortáveis e objetos decorativos sem exagero;
  • Ter uma sala de estar no escritório pode ser uma ótima escolha, pois traz leveza e possibilita uma reunião com o cliente de forma mais aconchegante;
  • Tecnologia, automação e climatização devem ser pensadas no início do projeto, pois demandam cuidados específicos com infraestrutura;
  • O planejamento do design para escritórios jurídicos de alto padrão é um investimento, pois será responsável por transmitir a mensagem correta aos clientes.

O design para escritórios jurídicos de alto padrão se baseia em ambientes espaçosos, decorados com móveis amplos. Iluminação e cores são fundamentais para passar a imagem correta e manter sua marca na cabeça dos clientes - por isso, o auxílio de um profissional é fundamental.

E você, investe em design do escritório no seu negócio? Conte pra gente pelos comentários e até a próxima!

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar